BLOG EMPREGOCERTO RN

Fique por dentro de notícias sobre o mercado de trabalho potiguar

Card image cap

Após pedir emprego com cartaz em semáforo de Natal, jovem de 20 anos é contratado por loja: 'Não sei nem expressar minha felicidade'

Geovane Guimarães Ferreira irá trabalhar como vendedor. Contrato foi assinado nesta quarta-feira (22).

Um dia após aparecer segurando um cartaz pedindo emprego em um semáforo de Natal, Geovane Guimarães Ferreira, de 20 anos, foi contratado para trabalhar em uma loja de eletrodomésticos. O contrato foi assinado na manhã desta quarta-feira (22).


O G1 contou a história de Geovane, que estava desempregado desde fevereiro e decidiu ir para as ruas pedir um trabalho. Ele foi incentivado pela companheira e pela mãe, que o acompanhou durante os pedidos no sinal do cruzamento das avenidas Antônio Basílio e Salgado Filho. O irmão dele também havia sido contratado três meses antes, após campanha semelhante.


Depois da repercussão, a história chamou a atenção dos funcionários da loja que entraram em contato com Geovane. O rapaz será vendedor da rede de lojas de eletrodomésticos e vai atuar no estabelecimento que fica dentro do shopping Midway Mall. A previsão é de que isso aconteça no dia 29 de julho.


"Eu tô muito feliz, não sei nem como agradecer a vocês e a todo mundo que ajudou. Agradeço a população do Rio Grande do Norte que me ajudou divulgando minha história, compartilhando fotos nas redes sociais e aos empresários que entraram em contato comigo também. Eu não sei expressar a felicidade que estou sentindo, mas eu estou muito feliz mesmo", conta o mais novo empregado, que será pai nos próximos meses.


Geovane vivia de aluguel, mas precisou entregar a residência para a proprietária porque não iria conseguir manter a mensalidade em dia depois de ser demitido do antigo emprego. Ele se mudou para a casa da sogra, onde mora com ela e a companheira no bairro Guarapes, Zona Oeste de Natal. A família enfrenta dificuldades financeiras. Agora com emprego, ele espera realizar o sonho de construir a casa própria para criar a primeira filha.



Compartilhe nas redes sociais!
Whatsapp! Facebook!